Please use this identifier to cite or link to this item: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/967
metadata.dc.type: Tese
Title: Museu do Amanhã: uma nova proposta de museu de ciência?
metadata.dc.creator: Manso, Bruno Lara de Castro
metadata.dc.contributor.advisor1: Olinto, Gilda
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Tolmasquim, Alfredo
metadata.dc.contributor.referee1: Pinheiro, Lena Vania Ribeiro
metadata.dc.contributor.referee2: Albagli, Sarita
metadata.dc.contributor.referee3: Bevilaqua, Diego
metadata.dc.contributor.referee4: Falcão, Douglas
metadata.dc.description.resumo: A presente tese busca identificar o que há de inovador no recém-criado Museu do Amanhã (MA) enquanto museu de ciências, especificamente enquanto proposta contemporânea de divulgação científica. A pesquisa se estrutura conforme especificado a seguir. Na seção teórica, inicial, apresentam-se transformações das abordagens sobre a relação ciência e público, apontando para a tendência atual de considerar o público como um ator de destaque nas atividades de divulgação científica. A seguir, consideram-se as transformações históricas dos museus de ciência e as tentativas de classificação dos mesmos, revisão que aponta para o fortalecimento do conceito de educação para o amplo público. A seção seguinte, sobre o contexto da comunicação pública da ciência e dos museus no Brasil, revela esforços no sentido de institucionalização da área, a valorização do seu papel educacional, assim como as carências da população reveladas pelas diversas pesquisas realizadas. A subsequente descrição do museu e a análise da proposta museológica mostram sua grande repercussão, como se posiciona enquanto museu, além de sua ênfase na promoção de encontros entre atores sociais (pessoas e organizações) em um ambiente de discussões para a tomada de decisões para minimizar as consequências do Antropoceno, levantando ideias e projetos de futuro da humanidade. O principal foco empírico da tese – as entrevistas com idealizadores e gestores da educação – revela o que estes consideram como inovação no MA e como proposta de comunicação pública da ciência. Nas falas dos idealizadores destacam-se as diversas inspirações que deram origem ao museu e a sua valorização do papel educacional do museu, na busca por mudanças de atitude - do visitante e do público em geral – através de ações que visam apropriação e engajamento em torno da ideia do Antropoceno. Nas falas dos gestores de educação sobressaem propostas, ações e desafios relacionados à comunicação com a multiplicidade de públicos, assim como os esforços voltados para atrair e valorizar a vizinhança, a localidade onde está instalado o Museu, região de riqueza histórica e específicas necessidades sociais e culturais.
Abstract: This thesis aims to identify what is innovative in the recently created Museum of Tomorrow (MT) as a science museum, specifically as a contemporary proposal for scientific dissemination. The research is structured as follows. In the theoretical section we consider changes in the approaches on the relationship between science and public, pointing to the current tendency to consider the public as a prominent actor in the activities of scientific dissemination. Next, we consider the historical transformations of the museums of science and the attempts to classify them in specific types of museums, a review that points to the strengthening of the concept of education for the general public. The following section, on the context of the public communication of science and museums in Brazil, reveals efforts to institutionalize this research field, its educational role, as well as the identification of scientific interests and needs of the population revealed by the various researches carried out. The subsequent description of the Museum of Tomorrow and the analysis of its museological proposal show its great repercussion, as well as its emphasis on the promotion of meetings between social actors (people and organizations) in an environment that contributes to discussions, raising ideas and projects for the future of humanity that will subsidize decisions contributing to minimize the consequences of the Anthropocene. The main empirical focus of the thesis - the interviews with the MT idealizers, as well as education managers - reveals what they consider as innovation in the MT and as its proposal of public communication in science. In the perspective of the idealizers, the various inspirations that gave origin to the museum and their appreciation of the educational role of the museum seeking behavioural changes - of the visitor and of the public in general towards the environment - are highlighted. In the speeches of education managers, proposals, actions and challenges related to communication with the multiplicity of publics stand out, as well as their efforts aimed at attracting and valuing the participation of members of the surrounding neighbourhood, a region of historical tradition and specific social and cultural needs.
Keywords: Museu do Amanhã
Museu de ciência
Comunicação pública da ciência
Educação científica
Divulgação científica
Ciência da Informação
Museum of Tomorrow
Museum of science
Public communication of science
Scientific education
Scientific dissemination
Information Science
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia/Universidade Federal do Rio de Janeiro
metadata.dc.publisher.initials: IBICT/UFRJ
metadata.dc.publisher.department: Escola de Comunicação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/967
Issue Date: 11-Jun-2018
Appears in Collections:Teses e Dissertações do PPGCI IBICT-UFRJ

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese_Doutorado_Museu_do_Amanhã_Bruno_Lara_GRAVAR_CD_REGRAVÁVEL (1).pdf2.64 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons