Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/965
Tipo: Tese
Título: O almanaque enquanto documento de informação e comunicação popular escrita: a coleção da família Carneiro Rezende
Autor(es): Dourado, Stella Moreira
Primeiro orientador: Marteleto, Regina Maria
Membro da banca: Ribeiro, Leila Beatriz
Membro da banca: Nóbrega, Nanci Gonçalves da
Membro da banca: Saldanha , Gustavo Silva
Membro da banca: Bezerra, Arthur Coelho
Resumo: A pesquisa tem por tema o almanaque em coleção. O almanaque é um documento de informação e comunicação popular escrita utilizado por muitos anos como fonte de informação nas cidades e na zona rural do país. No caso específico deste estudo, é um objeto de coleção, onde apresenta-se como um dispositivo infocomunicacional de valor social, histórico e cultural. A coleção de almanaques es-tudada pertence à Família Carneiro Rezende, inaugurada pelo colecionador José Carneiro de Rezende, nas primeiras décadas do século XX. A pesquisa tem por objetivo representar o almanaque dentro de uma coleção particular que abrange o período entre 1906 – 2014, por meio das diferentes apropriações e usos que os colecionadores, utilizadores, leitores e guardadores fizeram da coleção, dando ao alma-naque um caráter de documento de informação e comunicação popular escrita. Atualmente, a coleção está sob a guarda de Hamilton Carneiro, publicitário e propagador da cultura popular no Estado de Goiás. Para a realização do estudo, foi feita uma pesquisa descritiva e exploratória que envolveu o emprego de técnicas quantitativas e qualitativas de coleta dos dados – análise descritiva e entrevistas. Para embasar o estudo, foi necessário ampliar o conhecimento acerca dos seguintes conceitos: alma-naque; comunicação popular escrita; cultura popular; leitura; coleção e documento. A análise descriti-va abrangeu 55 títulos e 241 exemplares de almanaques que formam a coleção no período de 1906 a 2014. A partir da análise, foi desenvolvida uma tipologia bibliográfica dos almanaques, levando em consideração o período, idioma, material ilustrativo, autores presentes e editores. Criou-se uma classi-ficação temática dos almanaques com os temas mais recorrentes nos almanaques no contexto da cole-ção. Foram identificados os rastros de leitura e usos em torno da coleção e apresentada a rede familiar de leitores. O estudo permitiu a representação do almanaque como documento informacional da cultu-ra popular escrita, no contexto de uma coleção particular. Com a análise descritiva e as entrevistas foi possível verificar os interesses de formação da coleção e dos usos atribuídos aos almanaques, demons-trando a relevância documental-informacional, sobretudo no campo durante a primeira metade do sé-culo XX, quando o almanaque representava uma das poucas fontes de informação impressa ao alcance da zona rural. Por meio do estudo do uso feito dos almanaques pelo colecionador, leitores, utilizadores e guardadores, constata-se que este possui um importante papel documental-informacional da cultura popular escrita e se apresenta como um dispositivo de aproximação e diálogo entre diferentes formas de linguagens, escritas e saberes. Concluiu-se que as apropriações e usos da rede familiar de leitores dos almanaques da coleção o caracterizaram como documento informacional da comunicação popular escrita e apresentam além dos valores infocomunicacional, social, histórico e cultural inscritos neste documento, a sua relevância para a formação e instrução pragmática da vida popular.
Abstract: The research is about the almanac in collection. The almanac is a popular information and communi-cation document written for many years as a source of information in the cities and rural areas of the country. In the specific case of this study, it is an object of collection, where it presents itself as an infocommunicational device of social, historical and cultural value. The collection of the almanacs studied belongs to the Carneiro Rezende`s family and, it was inaugurated by the collector José Carneiro de Rezende in the first decades of the 20th century. The research aims to represent the alma-nac within a particular collection that covers the period between 1906 through 2014. Through on dif-ferent appropriations and uses, all the collectors, users, readers and keepers made from the collection, giving to the almanac a documentary character of information and a popular written communication. Nowadays, the collection is under custody of Hamilton Carneiro. He is an advertiser and propagator of popular culture in Goias state. To realize the study that was made a descriptive and exploratory re-search that involved the use of quantitative and qualitative data collection techniques – descriptive analysis and interviews. To support the ideas of the research, it was necessary increase knowledge about the following concepts: almanac; popular written communication; popular culture; reading; col-lection and document. The descriptive analysis took 55 titles and 241 copies of almanacs that form the collection from 1906 to 2014. A bibliographic typology of the almanacs were developed from the analysis, taking into account the period, language, illustrative material, present authors and publishers. A thematic classification of the almanacs created with the most relevant themes in the context’s col-lection, and were identified reading vestigial and uses around it. Also the family network of readers was presented. The study allowed the representation of the almanac as an informational document of the popular culture written in the context from a particular collection. Through the descriptive analysis and interviews, it was possible to verify the formation interests of the collection and the uses attributed to the almanacs, demonstrating the documentary-informational relevance, especially in the field during the first half of the 20th century. When the almanac has just represented one of the only sources of information printed to reach readers in the rural area. The use from the almanacs by the collector, readers, users and guardians was made by the study and was verified an important documental-informational paper of the written popular culture, and presents as displays like a device of approach and dialogue between different forms of languages, writings and knowledges. For that reason, it was concluded that the appropriations and uses of the family network`s readers of the almanacs collection were characterized as an informational document of the popular written communication. Also, it was presented besides the infocommunicational, the social, historical and cultural values, registered in this document, their relevance approach to the education and pragmatic instruction that come from the popular life.
Palavras-chave: Almanaque
Almanaque de farmácia
Coleção
Almanaque – Documento infocomunicacional
Informação e comunicação popular escrita
Ciência da Informação
Almanac
Pharmacy Almanac
Collection
Almanac - Infocommunicational document
Information and popular written communication
Information Science
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia/Universidade Federal do Rio de Janeiro
Sigla da instituição: IBICT/UFRJ
Departamento: Escola de Comunicação
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/965
Data do documento: 27-Mar-2018
Aparece nas coleções:Teses e Dissertações do PPGCI IBICT-UFRJ

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
StellaDourado_Doutorado_2018.pdf2,15 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons