Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/964
Tipo: Tese
Título: A retórica da validação na informação imagética científica: um estudo sobre a arte de “fazer ciência” a partir das imagens
Autor(es): Figueiredo, Márcia Feijão de
Primeiro orientador: Saldanha, Gustavo Silva
Coorientador: Guerra, Claudia Bucceroni
Membro da banca: Fernandes, Geni Chaves
Membro da banca: Dodebei, Vera Lúcia Doyle Louzada de
Membro da banca: Pinheiro, Lena Vania Ribeiro
Membro da banca: González de Gómez, Maria Nélida
Resumo: A pesquisa teve por objetivo compreender a presença e o uso de elementos retóricos na produção da informação imagética científica com fins de validação. A noção de informação imagética científica respondeu aqui por qualquer tipo de representação análoga a um objeto real ou construída em formato gráfico e não estruturada textualmente. A revisão de literatura explorou a Retórica como plataforma epistemológica, para em seguida analisá-la sob a perspectiva histórica de Roland Barthes. O referencial revisitou ainda a amplitude da noção de imagem em Paul Otlet, bem como o conceito de validação sob a ótica de Maria Nélida González de Gómez. Como procedimentos metodológicos, a pesquisa, de ordem qualitativa, atuou com análise documental teses e com entrevista estruturada. Para a identificação dos perfis, primeiramente o estudo reconheceu uma população prédefinida, a saber, professores com título de doutor de diferentes especialidades no Colégio Pedro II, Instituto Federal de Educação Superior localizado no Estado do Rio de Janeiro. Em seguida, o estudo explorou a produção de teses de doutorado desta população, com foco na identificação de pesquisas com intenso uso de imagens. Após esta pré-análise, foi delineada uma amostra de teses e de pesquisadores, que resultou no corpus investigado, a saber, o total de 4 (quatro) documentos e 4 (quatro) sujeitos, representados tematicamente pelos domínios Ciências Biológicas; História das ciências e das técnicas e epistemologia; Engenharia de Sistemas; e Computação e Tecnologia de Processos Químicos e Bioquímicos. Tendo por base a taxonomia de imagens estáticas de Peter Enser, identificou-se no corpus as tipologias imagéticas: registro imagético direto, registro imagético indireto, registro imagético híbrido, desenho, diagrama. No âmbito dos resultados, os instrumentos de observação do corpus foram constituídos a partir da operacionalização e da transformação dos conceitos do referencial teórico em categorias analíticodiscursivas. Partindo dos preceitos da teoria oriunda do pensamento retórico, identificou-se a presença, no ato de produção da informação imagética científica, com fins de validação, do total de 26 (vinte e seis) categorias retóricas, com ênfase para “representação”, “discurso científico” e “argumento”. A ancoragem epistemológica da retórica permitiu identificar os pressupostos de uma experiência primária de validação na vivência do cientista, semelhante àquelas documentadas por Bruno Latour, ou seja, o ato de projetar a validação de teorias, de argumentos e de hipóteses a partir da elaboração-(re)uso de imagens. O estudo comprovou, por fim, a partir da teoria retórica, as dimensões contemporâneas de validação na ciência sob o uso de imagens, ou seja, as distintas formas da arte de “fazer ciência”, em diferentes domínios, à luz da informação imagética científica, tendo por base um duplo epistemológico-histórico da Retórica já presente em Aristóteles, a saber, argumento-persuasão.
Abstract: The aim of the research was to understand the presence and use of rhetorical elements in the production of scientific imagery for validation purposes. The notion of scientific imagery information has been answered here by any type of representation analogous to an actual object or constructed in a graphical and unstructured form textually. The literature review explored Rhetoric as an epistemological platform, and then analyzed it from the historical perspective of Roland Barthes. The frame of reference also revisited the breadth of the notion of image in Paul Otlet, as well as the concept of validation under the perspective of Maria Nélida González de Gómez. As methodological procedures, the research, of qualitative order, worked with documentary theses and structured interviews. For the identification of profiles, the study first recognized a pre-defined population, namely, professors with a doctorate degree from different specialties at the Pedro II College, Federal Institute of Higher Education located in the State of Rio de Janeiro. Then, the study explored the production of doctoral theses of this population, focusing on the identification of studies with intense use of images. After this pre-analysis, a sample of theses and researchers was delineated, resulting in the corpus investigated, namely, the total of 4 (four) documents and 4 (four) subjects, represented thematically by the Biological Sciences domains; History of sciences and techniques and epistemology; Systems engineering; and Computing and Technology of Chemical and Biochemical Processes. Based on the taxonomy of static images of Peter Enser, we identified the imaging typologies: direct imaging, indirect imaging, hybrid imaging, drawing, diagram. In the scope of the results, the instruments of observation of the corpus were constituted from the operationalization and the transformation of the concepts of the theoretical referential into analytical-discursive categories. Based on the precepts of the theory derived from rhetorical thought, the presence of a total of 26 (twenty-six) rhetorical categories, with emphasis on "representation", " scientific discourse "and" argument ". The epistemological anchoring of rhetoric allowed us to identify the assumptions of a primary experience of validation in the scientist's experience, similar to those documented by Bruno Latour, that is, the act of projecting the validation of theories, arguments and hypotheses from the elaborationre) use of images. The study finally proved from rhetorical theory the contemporary dimensions of validation in science under the use of images, that is, the different forms of the art of "doing science", in different domains, in the light of scientific imaginary information, based on an epistemological-historical double of Rhetoric already present in Aristotle, namely argument-persuasion.
Palavras-chave: Ciência da Informação
Validação da informação
Produção científica
Informação imagética científica
Retórica
Information Science
Validation of information
Scientific production
Imaging scientific information
Rhetoric
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia/Universidade Federal do Rio de Janeiro
Sigla da instituição: IBICT/UFRJ
Departamento: Escola de Comunicação
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/964
Data do documento: 26-Mar-2018
Aparece nas coleções:Teses e Dissertações do PPGCI IBICT-UFRJ

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Marcia Feijao de FIGUEIREDO - Doutorado - 2018.pdf2,25 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons