Please use this identifier to cite or link to this item: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/908
metadata.dc.type: Trabalho apresentado em evento
Title: Referências cruzadas 2: Marx e a Ciência da Informação
metadata.dc.creator: Schneider, Marco André Feldman
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho resulta de uma pesquisa maior, que tem como um de seus objetivos produzir uma bibliografia autorizada sobre ética, política, epistemologia, informação e suas interfaces, bem como estudos críticos desta bibliografia. Sua questão de fundo é como a informação foi pensada pelos filósofos de referência nessas áreas e como estes pensamentos são apropriados pela Ciência da Informação. Metodologicamente, é uma pesquisa bibliográfica e documental comparada. Cruza referências teóricas significativas da filosofia, mais especificamente da filosofia moral, da filosofia política e da filosofia da ciência, e da Ciência da Informação, sobre ética, política e epistemologia, e analisa os cruzamentos. Neste artigo, buscou-se identificar e discutir a presença de Marx, Gramsci e Lukács nos anais dos GTs 1, 2 e 5 do Enancib, bem como em alguns dos principais periódicos brasileiros em Ciência da Informação, Transinformação, Perspectivas em Ciência da Informação, Informação e Sociedade e Ciência da Informação, as três primeiras Qualis A1, a quarta Qualis A2. Marx, por ser referência universalmente reconhecida na própria fundação das ciências sociais; Gramsci e Lukács, por estarem entre os mais influentes representantes da tradição teórica inaugurada por Marx, seja em filosofia política, seja em epistemologia. Acrescentamos que a obra dos três é atravessada por reflexões de natureza ética, embora isso não seja óbvio. Verificou-se que os autores elencados são praticamente ou integralmente ignorados entre nós. Exploramos a hipótese de que isto se deve a certa tradição tecnicista e tecnocrática da Ciência da Informação, de matriz positivista e neoliberal. No campo crítico, por outro lado, lemos bem Bourdieu, Foucault, Deleuze e Frohman (Schneider e Vieira, 2014), autores identificados com o estruturalismo e o pós-estruturalismo, escolas que nasceram, por assim dizer, precisamente de um diálogo crítico com o pensamento marxiano.
Abstract: This paper is the product of a larger research that has as one of its objectives to produce an authorized bibliography on ethics, politics, epistemology and information, and critical studies of this bibliography. Its main issue is how information was thought by reference philosophers in these areas, and how their thought were appropriated by Information Science. Methodologically, it is a bibliographical and documental compared research. It crosses significant theoretical references of philosophy, specifically of moral philosophy, political philosophy and philosophy of science, and of information science, on ethics, politics and epistemology, and analyzes the intersections. In this article, we sought to identify and discuss the presence of Marx, Gramsci and Lukacs in the annals of Work groups 1, 2 and 5 of ENANCIB, as well as in some of the main Brazilian journals in Information Science, Transinformação, Perspectivas em Ciência da Informação, Informação e Sociedade and Ciência da Informação, the later Qualis A2, the formers Qualis A1. Marx, because he is an universally recognized reference in the very foundation of the social sciences, the other two being among the most influential representatives of the theoretical tradition inaugurated by Marx, either in political philosophy, whether in epistemology. We add that the work of all of them is crossed by reflections on ethics, although this is not obvious. We discovered that the three listed authors are nearly, or completely ignored among us. We explore the hypothesis that this is due to a certain technicistic and technocratic tradition of information science, of positivist and neoliberal matrix. Among its critical references, on the other hand, we read well Bourdieu, Foucault, Deleuze and Frohman (Schneider e Vieira, 2014), authors identified with structuralism and post-structuralism, schools that were born, so to speak, precisely in a critical dialogue with the Marxian thought.
Keywords: Ciência da informação
Ética
Política
Epistemologia
Karl Marx
Information science
Ethics
Politics
Epistemology
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Insitituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia
metadata.dc.publisher.initials: IBICT
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/908
Issue Date: 2015
Appears in Collections:Trabalhos apresentados em Congresso no Brasil

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
3063-6711-1-PB.pdf231.45 kBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons