Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/888
Tipo: Dissertação
Título: A dimensão informacional e documental dos biobancos: uma análise do UK Biobank
Autor(es): Bozzetti, Rodrigo Porto
Primeiro orientador: Marteleto, Regina Maria
Membro da banca: Saldanha, Gustavo Silva
Membro da banca: Santos, Paula Xavier dos
Membro da banca: Olinto, Gilda
Membro da banca: Bteshe, Mariana
Resumo: Investiga as dimensões informacionais e documentais dos dispositivos infocomunicacionais biobancos. Apresenta breve histórico sobre os processos de formação da genética como um campo de estudos. Realiza uma apresentação do conceito de biobanco demonstrando os propósitos e principais atividades realizadas. Discute sobre Eugenia e sobre potenciais usos sensíveis de informações genéticas. Discute o conceito de documento, tendo por base os trabalhos de Otlet, Briet, Meyriat, Frohmann entre outros autores da Ciência da Informação, no intuito de defender que amostras biológicas de seres humanos podem ser consideradas como documentos. Discute o conceito de dispositivo infocomunicacional na Ciência da Informação. Aponta o UK Biobank como unidade de análise para se estudar os biobancos a nível mundial e investiga o funcionamento, a estrutura, os documentos e os mecanismos de proteção de informações sigilosas desse biobanco tendo por principal fonte de informação o seu portal. Apresenta os biobancos como dispositivos que tem o potencial de classificar e criar taxonomias de seres humanos, potencializando a capacidade de gerar problemas de cunho ético aos envolvidos nas pesquisas.
Abstract: Investigates the informational and documentary dimensions of infocommunicative devices biobanks. Presents brief history about the genetics as a field of study. Performs a presentation of the concept of biobank demonstrating the purpose and main activities. Discusses Eugenics and potential sesitive uses of genetic information. Discusses the concept of document, based on the work of Otlet, Briet, Meyriat, Frohmann among other authors of Information Science, in order to argue that biological samples from humans can be considered as documents. Discusses the concept of infocomunicacional device in Information Science. Pointing UK Biobank as units of analysis to study biobanks worldwide and investigates the operation, structure, documents and mechanisms of protection of sensitive information of this biobank usings it’s website as main source of information. It presents biobanks as devices that have the potential to classify and create taxonomies of humans, increasing the capacity to generate ethical problems to the people involved in the research.
Palavras-chave: Ciência da Informação
Documento
Biobanco
Information Science
Document
Biobank
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia/Universidade Federal do Rio de Janeiro
Sigla da instituição: IBICT/UFRJ
Departamento: Escola de Comunicação
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/888
Data do documento: 29-Abr-2016
Aparece nas coleções:Teses e Dissertações do PPGCI IBICT-UFRJ

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
RODRIGO PORTO BOZZETTI mestrado 2016.pdf862,5 kBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons