Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/886
Tipo: Dissertação
Título: A dinâmica informacional nos processos de inovação dos empreendimentos da economia criativa: o caso da incubadora “Rio Criativo”
Autor(es): Rangel, Rodolpho da Cruz
Primeiro orientador: Issberner, Liz-Rejane
Coorientador: Rios, Patrícia Prado
Membro da banca: Capeller, Ivan
Membro da banca: Tigre, Paulo Bastos
Resumo: Este estudo parte da premissa que a inovação é um processo social e interativo que apresenta em sua essência a informação, o conhecimento e a criatividade. Ao considerar o histórico e as abordagens sobre as políticas públicas de economia criativa, faz uma análise sobre sua origem e os conceitos acerca do tema. Discute os aspectos políticos e implicações deste conceito que é destacado como estratégia de desenvolvimento para o Brasil, através do Ministério da Cultura, principalmente com a criação de uma rede de incubadoras públicas e apoio a empreendimentos da economia criativa. A investigação através de um estudo de caso da incubadora “Rio Criativo” tem como objetivo principal identificar os atores, os fluxos de informação e as interações que ocorrem nos processos de inovação dos empreendimentos desta incubadora. Para tanto, a metodologia é organizada a partir de levantamento bibliográfico, discussão do referencial teórico, e de uma pesquisa de campo, exploratória e majoritariamente qualitativa. As inovações encontradas são categorizadas como incrementais. A análise da dinâmica informacional identifica a relevância das interações informais, via redes de contatos entre os empreendedores, bem como com os atores externos à incubadora. As interações com os clientes (usuários), universidades, e o aprendizado organizacional são consideradas importantes para os fluxos informacionais que favorecem o surgimento de inovação, e o e-mail é um canal de comunicação de destaque. A burocracia e os atrasos das ações da incubadora demonstram a existência de barreiras aos fluxos de informação e revelam um descompasso entre gestão privada (empreendimentos) e gestão pública (incubadora). A pesquisa abre caminhos para análises e discussões que podem aprofundar a compreensão sobre os processos de inovação nos empreendimentos da economia criativa, sem a pretensão de realizar generalizações. Indica pistas de um debate que se amplia sobre as formas de apropriação do atual processo de reestruturação do sistema capitalista sob o campo da cultura. Por fim, sugere às políticas públicas de economia criativa um trabalho que se afaste de modelos advindos das indústrias criativas e ofereça melhores condições de fortalecimento da cultura local e desenvolvimento para a sociedade.
Abstract: This study starts from a premise that innovation is a social and interactive process that has in essence the information, knowledge and creativity. Considering the history and approaches to creative economy public policies, makes an analysis of the origin and concepts on the subject. Discusses the political aspects and implications of this concept highlighted like a strategy of development for Brazil, through the Ministry of Culture, mainly with a public incubators network and enterprises support. Research through a case study at "Rio Criativo" incubator aims to identify the actors, information flows and interactions that become in innovation processes of incubator’ enterprises. Therefore, the methodology is organized from literature, theoretical discussion, and a field research, exploratory and qualitative. Innovations that found are categorized as incremental. The information dynamics analysis identifies the relevance of informal interactions through entrepreneurs’ networking, as well as with the actors outside the incubator. Interactions with customers (users), universities, and organizational learning are considered important for the information flows that foment the emergence of innovation, and the e-mail is an relevant communication channel. Bureaucracy and delays of the incubator's actions demonstrate the existence barriers to information flows and reveal a mismatch between private management (enterprises) and public management (incubator). The research open the way for analysis and discussions that may deepen understanding innovation processes in creative economy enterprises, with no claim to realize generalizations. It indicates tracks for a debate that expands on the appropriation of the current restructuring of the capitalist system in the cultural field. Finally, it suggests to the creative economy public polices works away of models arising from the creative industries and offers better conditions for local culture and development to society.
Palavras-chave: Inovação
Informação
Economia Criativa
Interação
Incubadora de Empreendimentos
Innovation
Information
Creative Economy
Interaction
Enterprises Incubator
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia/Universidade Federal do Rio de Janeiro
Sigla da instituição: IBICT/UFRJ
Departamento: Escola de Comunicação
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/886
Data do documento: 29-Mar-2016
Aparece nas coleções:Teses e Dissertações do PPGCI IBICT-UFRJ

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
DISSERTAÇAO_Rodolpho Rangel_Versao_Final_(Pos revisao).pdf3,13 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons