Use este identificador para citar ou linkar para este item: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/844
Tipo: Dissertação
Título: Informação e participação social no turismo sustentável: o caso da zona portuária da cidade do Rio de Janeiro.
Autor(es): Bittencourt, Yolle Vacariuc
Primeiro orientador: Albagli, Sarita
Membro da banca: Cocco, Giuseppe Mario
Membro da banca: Afonso, Rita de Cassia Monteiro
Resumo: Este estudo se propõe a analisar o papel da informação nos processos de participação social envolvendo a implantação da atividade turística. O turismo é uma atividade econômica em crescente expansão e tem se configurado como uma importante estratégia nas políticas urbanas para alavancar a economia local e promover a cidade no mercado internacional. A requalificação urbana dos antigos centros e zonas portuárias é observada como tendência mundial nas políticas urbanas, que buscam trazer uma nova centralidade à cidade por meio da valorização imobiliária e incremento das atividades econômicas do setor terciário, especialmente o turismo. O objetivo deste estudo é investigar as dinâmicas informacionais e comunicacionais dos principais atores sociais envolvidos no processo de implantação do projeto Porto Maravilha na zona portuária da cidade do Rio de Janeiro. Para a consecução deste objetivo elegeu-se como metodologia a análise bibliográfica, levantamento de material na internet, a realização de entrevistas com agentes dos órgãos responsáveis pelas intervenções previstas na região e moradores do Morro da Providência, comunidade selecionada pelo seu grande valor histórico e cultural para a cidade.Para contextualizar o marco teórico, discute-se a relação intrínseca entre turismo sustentável, informação e participação social. Considera que a turistificação de determinado lugar deve ser um processo democrático e inclusivo, sendo fundamental a participação da população local desde o planejamento da atividade até sua implantação, gestão e socialização dos benefícios advindos dela. O conceito de informação adotado foi o de Wersig, no qual a informação é considerada conhecimento para ação. A partir deste arcabouço teórico foi possível estabelecer as relações entre os conceitos que fundamentam este trabalho e analisar o caso da zona portuária do Rio, em especial o Morro da Providência, que protagonizou grandes conflitos devido às ações para remoção dos moradores. A análise da produção informacional dos atores sociais (moradores, órgãos oficiais e parceiros do governo) demonstra a presença de diferentes discursos em um território marcado por lutas e conflitos sociais. Por outro lado, os moradores, facilitados pelas mídias sociais, organizam sua mobilização e resistência, por meio da difusão de seus próprios pontos de vista.
Abstract: This work is an analysis of the information on the dynamics of Social Participation regarding the implementation of touristic activity. Tourism is an economic activity in great expansion, and has presented itself as an important strategy in urban politics to leverage local economy and promote cities in international markets. Urban requalification of old cities centers and portuary installations is a global tendency in urban policies, which aims to orient cities towards a new centrality, by means of increasing housing market value, and empowering tertiary sector economical activities, specially tourism. The main objective of this work is to investigate the informational dynamics of the main social actors involved in the implementation process of Porto Maravilha project in the portuary installation area of Rio de Janeiro. The methodology of work is based on bibliographical analysis, internet and social media material and interviews with employees or representatives of the government and private initiatives, and the local populace of Morro da Providência, a community selected for its major historical and cultural value. To set the context of the theoretical framework, we discuss the intrinsical relation between sustainable tourism, information and social participation, considering that the touristification of any region should be a democratic and socially inclusive process, being the participation of local population a fundamental part, from the planning stages of the project until its very implementation, governance and the socialization of its benefits. We've adopted the concept of tourism advised by Wersig, in which information is considered the knowledge necessary to act. From this theoretical framework it has been possible to establish the link between the concepts that are the basis for this work and to analyze the case regarding the portuary installation in Rio de Janeiro, specially the Morro da Providência community, main stage for several conflicts due to remotion of local population from their homes. The analysis of informational production from the social actors (community inhabitants, official institutions and government associates) demonstrates the contrast between different speeches in a territory stained by struggle and social conflicts. On the other hand, the local populace, with the aid of social media, was able to organize their own mobilization and resistance, by means of broadcasting their own points of view.
Palavras-chave: Turismo Sustentável
Participação Social
Informação
Porto Maravilha
Sustainable Tourism
Social Participation
Information
CNPq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAO
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia/Universidade Federal do Rio de Janeiro
Sigla da instituição: IBICT/UFRJ
Departamento: Escola de Comunicação
Programa: Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação
Tipo de acesso: Acesso Aberto
URI: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/844
Data do documento: 30-Set-2014
Aparece nas coleções:Teses e Dissertações do PPGCI IBICT-UFRJ

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
Yolle Vacariuc Bittencourt_ mestrado 2014.pdf4,47 MBAdobe PDFVisualizar/Abrir


Este arquivo é protegido por direitos autorais



Este item está licenciada sob uma Licença Creative Commons Creative Commons