Please use this identifier to cite or link to this item: http://ridi.ibict.br/handle/123456789/684
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorNetto, Carlos Xavier de Azevedopt_BR
dc.date.accessioned2015-10-19T11:49:47Z-
dc.date.available2008-02-15pt_BR
dc.date.available2015-10-19T11:49:47Z-
dc.date.issued2001-03-08pt_BR
dc.identifier.citationNETTO, Carlos Xavier de Azevedo. A arte rupestre no Brasil: questões de transferência e representação da informação como caminho para interpretação. 2001. 210 f. Tese (Doutorado em Ciência da Informação) - Universidade Federal do Rio de Janeiro / Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia, Rio de Janeiro, 2001.por
dc.identifier.urihttp://ridi.ibict.br/handle/123456789/684-
dc.description.abstractThe issue of rock art representation has been preoccupying the archeologists whom discuss this cultural manifestation long ago. This preoccupation is manifested on the registration techniques of the rock panels as well a the forms of communication the information obtained on studies of this phenomenon. The present study aims to discuss the ways of representation the Rock Art utilized by the Brazilian archeologists and if it is possible to establish interpretative relationships since the representations done. Therefore, this study was conceived based on the concepts of the classificatory units of Rock Art in Brazil, which has as principle the function of transference of the observed information between peers of the Brazilian Archeologist community. Filled with the theoretic and methodological subsides of Information Science, as long as this is a information problem, the semiotics fundaments and the representation theory were consulted to handle with the proposed object. It was possible to observe the categorization of this concepts (e.g. analytical, synthetic and interpretative), highlighting the synonymy problems and the polissemia which were identified and that the rock art interpretation is inherent to the ways which the information about this manifestation is represented, confirmed by the category identification of interpretative conceptseng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2015-10-19T11:49:47Z (GMT). No. of bitstreams: 1 carlosnetto2001.pdf: 2033790 bytes, checksum: b7749cff0a66930a7674d12fb983a0fa (MD5) Previous issue date: 2001-03-08en
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal do Rio de Janeiro / Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologiapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectTranferência de informaçãopor
dc.subjectArqueologiapor
dc.subjectArtes plásticaspor
dc.subjectSemióticapor
dc.titleA arte rupestre no Brasil: questões de transferência e representação da informação como caminho para interpretaçãopor
dc.typeTesepor
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/9847960499982828por
dc.contributor.advisor1Souza, Rosali Fernandez dept_BR
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/1722582102636346por
dc.contributor.referee1González de Gómez, Maria Nélidapt_BR
dc.contributor.referee1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3087665610359216por
dc.contributor.referee2Pinheiro, Lena Vânia Ribeiropt_BR
dc.contributor.referee2Latteshttp://lattes.cnpq.br/9613980184982976por
dc.contributor.referee3Beltrão, Maria da Conceição Moraes Coutinhopt_BR
dc.contributor.referee3Latteshttp://lattes.cnpq.br/4942024092993571por
dc.contributor.referee4Seda, Paulo Roberto Gomespt_BR
dc.contributor.referee4Latteshttp://lattes.cnpq.br/6726803753721191por
dc.description.resumoA questão das formas de representação da Arte Rupestre, há muito, tem preocupado os arqueólogos que tratam desse tipo de manifestação cultural. Essa preocupação é manifesta tanto com as técnicas de registro dos painéis rupestres, quanto com as formas de comunicação das informações obtidas com o estudo desse fenômeno. O presente estudo tem como objetivo discutir as formas de representação da Arte Rupestre utilizada pelos arqueólogos brasileiros e investigar sobre a possibilidade de estabelecer relações interpretativas a partir das representações feitas. O trabalho desenvolvido tem como objeto de estudo os conceitos das unidades classificatórias da Arte Rupestre no Brasil encontrados na literatura da área, que tivessem como princípio a função de transferir a informação observada entre os pares da comunidade de arqueólogos brasileiros. O problema de informação é investigado com o suporte teóricos-metodológicos da Ciência da Informação, evidenciando os fundamentos da semiótica e a teoria da representação. Foi possível obter a categorização de conceitos analíticos, sintético e interpretativos, destacando os problemas de sinonímia e de polissemia identificados. Os resultados encontrados indicaram que a interpretação da Arte Rupestre é inerente as formas com que as informações sobre essa manifestação são representada, que podem ser identificadas em base da categoria de conceitos interpretativospor
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentCiência da Informaçãopor
dc.publisher.programPrograma de Pós-Graduação em Ciência da Informaçãopor
dc.publisher.initialsUFRJ/ECO - IBICTpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAOpor
Appears in Collections:Teses e Dissertações do PPGCI IBICT-UFRJ

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
carlosnetto2001.pdf1.99 MBAdobe PDFView/Open


This item is protected by original copyright



Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.